quinta-feira, 24 de novembro de 2011

OUTUBRO , ROTINA,

ESTRANHA ROTINA...


Trabalhos que a princípio me pareceram tranquilos, viraram pesadelo.

A neblina de minha serra, as podas enlouquecidas das árvores de lá.

Pena que a camera estava com serio defeito, mas essa imagem, que vejo sempre em minhas passagens, eu adoro. Foto feita de dentro do carro, embaçado, em um dia de chuva e neblina
.

Quase do lado de casa, todo amanhecer é um espetáculo, assim como o entardecer.




Descobrindo mais areas com predios historicos na região. adoro museus, velharias...


muita, muita quilometragem

Alguns sustos básicos, como anoitecer as tres da tarde em pleno "lugar nenhum"  - para mim, pois ali não conheço ninguém

Mas muita, muita beleza

e alguns contratempos, mas o do caminhoneiro foi maior.

exatamente sobre a estrada o céu se dividia em sol e tempestade, por quilometros a fio.


Na minha deliciosa bagunça aparente, o melhor lugar para ler, na varanda.

Um comentário:

Rubinho Osório disse...

Gosto muito das tuas fotos. São naturais e naturalmente artísticas. Revelam a sensibilidade da fotógrafa e seu carinho pela natureza.